Fundo de risco mira fortunas nacionais

Lançado por empresários de internet, fundo levantou R$ 100 milhões de family offices brasileiras para investir em 20 empresas iniciantes da área de tecnologia. No ano passado, Rodrigo Borges, cofundador do Buscapé, dedicou-se a uma rotina inusitada: bater na porta das famílias de milionários oferecendo cotas de empresas novatas da área de tecnologia.